Skip to content
Entre Crie sua conta

Diga sim para conquistar seus objetivos
Dicas sobre como organizar seu dinheiro, sair do vermelho, fazer seu dinheiro render e entender o mercado.

Acesse

Conheça a biblioteca

Diga sim para crescer como empreendedor
Conteúdos práticos sobre como organizar as finanças do seu negócio, começar a empreender, administrar seu negócio e vender mais

Acesse

Conheça a biblioteca

Diga sim para expandir sua empresa
Conhecimento sobre como impulsionar suas vendas, gerenciar e expandir sua empresa e insights de mercado

Acesse

Conheça a biblioteca

Diga sim para tecnologia descomplicada
Conteúdos sobre conta grátis, crédito, venda online e física, Pix e tutoriais Mercado Pago

Acesse

Conheça a biblioteca

O que é conciliação financeira e como ela impacta sua empresa

Entenda a importância desse processo e como implementar na rotina financeira da sua empresa
Homem olhando o computador com uma caneta e papel

Ser pego de surpresa por inconsistências de caixa é o pesadelo de muitos empreendedores. Ter divergências entre os valores que o sistema aponta e o quanto de dinheiro há na conta da empresa pode ser uma grande dor de cabeça. Felizmente, existe uma solução para conseguir ter um bom controle: a conciliação financeira. 

Essa ferramenta é super importante para a saúde e organização financeira de qualquer negócio, porque ajuda a administrar melhor o dinheiro e manter os registros sempre em dia. 

 

 

Afinal, o que é a conciliação financeira?

A conciliação financeira é o acompanhamento da origem de um pagamento até que ele chegue na conta de um estabelecimento comercial. É um dos processos mais essenciais quando o assunto é gestão, pois ajuda a encontrar erros e divergências, contribuindo para que os resultados sejam mais confiáveis. Além disso, ele pode auxiliar até mesmo a encontrar fraudes.

É fundamental que a conciliação seja feita preferencialmente de maneira automática, usando as ferramentas corretas. Isso porque, quando feita manualmente, é mais fácil que aconteça um fluxo de informações descentralizadas, que podem se perder, além de ser um processo improdutivo e sujeito a erros humanos. 

 

 

Quais os principais tipos de conciliação financeira? 

Existem diferentes tipos de conciliações. A seguir, explicamos o conceito de cada um delas: 

1. Conciliação de cartões

O objetivo é conferir se os dados disponibilizados pelas operadoras de cartões sobre as vendas da sua empresa possuem inconsistências – incluindo falhas, fraudes, descontos etc. Esse processo deve ser realizado todos os dias e, caso haja atritos, é preciso entrar em contato com a operadora do cartão para que as correções sejam feitas. 

2 - Conciliação de pagamentos

Esse processo está relacionado aos passivos de uma empresa como valores devidos a funcionários, fornecedores etc. Realizar esse tipo de conciliação é importante para que a empresa consiga negociar melhores prazos, além de sempre manter os pagamentos em dia – e assim, melhores condições de créditos.

Outra vantagem é conseguir identificar falhas em valores de faturas antes que sejam pagas, evitando prejuízos e dores de cabeça. 

3 - Conciliação de recebíveis

Conciliar recebimentos é uma estratégia importante para reduzir os índices de inadimplência, garantindo que os clientes paguem dentro do prazo acordado. Por isso, essa conciliação é essencial na hora de cuidar dos lucros da sua empresa. 

Para que a conciliação de recebíveis seja feita de forma efetiva, vale a pena investir na otimização de processos e boas ferramentas. Dessa forma, serão mantidos todos os registros de valores a receber para que seja feito um acompanhamento mensal. Com o processo bem desenvolvido, seu time poderá ir além, realizando cobranças e disponibilizando condições vantajosas para pagamentos antecipados. Uma boa conciliação também permite relatórios mais precisos para tomada de decisão, inclusive no que diz respeito à precificação. 

4 - Conciliação bancária

Por fim, a conciliação bancária tem como função identificar se os valores previstos e recebidos se concretizaram. O processo é realizado comparando o fluxo de caixa e a conta bancária da empresa. Assim, caso apresente contradições, é possível fazer correções da diferença de valores. O importante é sempre investigar a causa, que pode ser um simples erro externo, interno ou uma atividade fraudulenta. Por isso, é essencial organizar e armazenar comprovantes.

 

Que tal automatizar sua conciliação financeira? 

Como você viu, a conciliação é indispensável para um bom controle do seu negócio. Caso esse processo não seja feito da maneira correta, sua empresa poderá ter prejuízos. Por isso, quem quer promover a saúde financeira deve considerar os benefícios da automatização das conciliações, que são: 

  • centralização de informações como contas a pagar, recebimentos e extratos, facilitando o acesso;
  • possibilidade de cadastro de débitos automáticos para o pagamento de fornecedores e salários; 
  • redução do esforço operacional nas movimentações bancárias e menores chances de erro; 
  • maior agilidade para tomada de decisões financeiras e estratégicas, graças à confiabilidade dos dados.


Organize as finanças da sua empresa

Sem dúvidas, manter a saúde da sua empresa é uma preocupação de qualquer gestor e isso pode ser facilitado por meio da conciliação financeira. Assim, você conta com processos otimizados, além de reduzir custos operacionais e dedicar os esforços da sua equipe para ações mais estratégicas.

 

New call-to-action


Escrito por:

assinatura_equipe

Artigos relacionados