Skip to content
Entre Crie sua conta

Diga sim para conquistar seus objetivos
Dicas sobre como organizar seu dinheiro, sair do vermelho, fazer seu dinheiro render e entender o mercado.

Acesse

Conheça a biblioteca

Diga sim para crescer como empreendedor
Conteúdos práticos sobre como organizar as finanças do seu negócio, começar a empreender, administrar seu negócio e vender mais

Acesse

Conheça a biblioteca

Diga sim para expandir sua empresa
Conhecimento sobre como impulsionar suas vendas, gerenciar e expandir sua empresa e insights de mercado

Acesse

Conheça a biblioteca

Diga sim para tecnologia descomplicada
Conteúdos sobre conta grátis, crédito, venda online e física, Pix e tutoriais Mercado Pago

Acesse

Conheça a biblioteca

Como escolher os melhores fornecedores dropshipping

Acerte na escolha dos seus fornecedores de dropshipping para ter os melhores resultados de venda e uma gestão eficiente do seu e-commerce
 Caixa de container escrita dropshipping.

A modalidade de vendas online via dropshipping tem se tornado uma oportunidade para muita gente que quer dar os primeiros passos no mundo das vendas online. Por exigir uma operação menor – já que não precisa espaço de estoque, por exemplo –, essa modalidade acaba facilitando a vida dos vendedores.

 

O investimento em dropshipping é simples, mas precisa de alguns cuidados. A maioria dos produtos vem de distribuidores internacionais, por isso, em alguns casos, o prazo de entrega acaba aumentando, o que pode gerar insegurança no comprador. Mas não é só isso, como a operação do lojista acontece em conjunto com o fornecedor, é essencial fazer uma boa escolha.

 

Como escolher um bom fornecedor de dropshipping



Antes de pensar nos detalhes que podem interferir nos resultados das suas vendas, é importante buscar por fornecedores que estejam integrados à plataforma de e-commerce para que o processo dos pedidos seja automático. 

Depois disso, outros  fatores devem ser considerados na hora de escolher um fornecedor para seu e-commerce de dropshipping. Para te ajudar, separamos os maiores pontos de atenção:

 

1- Faça pesquisas no Google e em fóruns

 

A pesquisa nos buscadores ajuda a encontrar e comparar as opções que atendem o seu nicho de mercado. Dessa forma, explore as palavras-chave do seu segmento junto com as variações dos termos de dropshipping, como fornecedor, atacado e distribuidor.

Já os fóruns, como grupos no LinkedIn e Facebook, podem trazer respostas sobre os melhores fornecedores. É comum que outros empreendedores compartilhem suas impressões e dicas.  

2- Fique atento às taxas

 

Esse item deve entrar no planejamento financeiro para uma boa gestão do negócio. Por exemplo, as plataformas que conectam a fornecedores de dropshipping podem ou não cobrar taxas, sendo mensais ou de adesão. Independentemente do caso, procure entender se faz sentido essa cobrança. 

3- Fique atento à logística

 

O processo logístico é um dos fatores decisivos para conquistar o cliente, seja em uma primeira compra ou recorrência. Por isso, verifique se os prazos de entrega ao cliente final são realmente cumpridos e se existe código de rastreio disponível. 

Vale lembrar: como os produtos vêm do exterior, eles podem levar até 60 dias para serem entregues ao consumidor. Sabendo disso, ofereça sempre clareza sobre os prazos desde o início da operação, isso facilita os fluxos de venda e gestão dos pedidos, além de não gerar frustração em seus clientes. 

4- Avalie a reputação de seus produtos 

 

Cada ponto de atenção é um detalhe para levar em consideração na avaliação da reputação da marca. À medida que você faz as suas pesquisas, procure ser o mais específico possível.

Dessa forma, verifique o índice de reclamações, a taxa de respostas e analise quais são os pontos fracos, dando preferência para fornecedores com boas avaliações. Além disso, considere os canais de atendimento oferecidos tanto para negociação quanto para monitoramento de pedidos. 

Leia também:
👉 Tudo sobre dropshipping e como vender melhor
👉 Como definir o porte da empresa

 

5- Entre em contato

 

Depois de todas as pesquisas para verificar a reputação do fornecedor, não deixe de entrar em contato antes de fechar a parceria. Trata-se de uma observação mais específica para fazer perguntas que só a empresa sabe responder. Isso evita que você caia em um golpe e também te certifica que terá suporte em casos de problema com as transações. 

6- Solicite amostras para checar a qualidade dos produtos

 

Além da confiança na parceria, é importante assegurar a qualidade dos produtos. A melhor forma de fazer isso, antes de oferecer aos clientes, é através das amostras enviadas pelos fornecedores ou solicitadas.

Outra alternativa é procurar diretamente com o fabricante. Como eles têm a patente do produto, eles podem ter preços mais competitivos ou ser mais adequados para lojistas que atuam em nichos muito segmentados.  

7- Política de trocas e devoluções dos produtos

 

Os fornecedores de dropshipping precisam ser avaliados quanto à política de cancelamento de compra. O consumidor tem o direito de desistir da compra em até sete dias depois de receber a mercadoria, isso garante o reembolso e a devolução ou troca da mercadoria.  

 

     💡Leia também:  Chargeback em Dropshipping: saiba como atuar em casos de reclamação

 

8- Aprenda com a experiência de outros vendedores

 

O contato com os fóruns online não deve ser restrito apenas para a escolha dos fornecedores. Procure continuar acompanhando e expandir o acesso a esses canais ao longo do tempo. Seja participativo para criar conexões mais próximas e ter acesso a outras informações que não estão disponíveis para a maioria. 

 

Acerte na escolha dos fornecedores dropshipping e venda mais



Cada um desses fatores te ajuda a fazer uma das escolhas mais importantes de um negócio de dropshipping: o fornecedor. Lembre-se de que esse agente pode ser o grande responsável pelo sucesso ou pelo fracasso do seu negócio, por isso é essencial fazer uma boa parceria.

A melhor escolha vai te ajudar a bombar as vendas sem dores de cabeça, te destacando em diversos aspectos, como satisfação e fidelização dos clientes, autoridade da marca e escalabilidade.

 

tendências do e-commerce mundial mercado pago e shopify


Escrito por:

assinatura_equipe

Artigos relacionados