Skip to content
Entre Crie sua conta

Diga sim para conquistar seus objetivos
Dicas sobre como organizar seu dinheiro, sair do vermelho, fazer seu dinheiro render e entender o mercado.

Acesse

Conheça a biblioteca

Diga sim para crescer como empreendedor
Conteúdos práticos sobre como organizar as finanças do seu negócio, começar a empreender, administrar seu negócio e vender mais

Acesse

Conheça a biblioteca

Diga sim para expandir sua empresa
Conhecimento sobre como impulsionar suas vendas, gerenciar e expandir sua empresa e insights de mercado

Acesse

Conheça a biblioteca

Diga sim para tecnologia descomplicada
Conteúdos sobre conta grátis, crédito, venda online e física, Pix e tutoriais Mercado Pago

Acesse

Conheça a biblioteca

Por que uma solução de pagamento com política de proteção ao vendedor?

Segurança para vendedores online e proteção aos problemas mais recorrentes do e-commerce!
política_de_proteção_as_transações

Efetuar vendas pela internet é algo que se torna cada vez mais simples. Atualmente, fatores como a criação de um site e de uma loja online são coisas bastante acessíveis a quem quer empreender.

É claro que o nível de esforço nessa parte do processo depende muito do tipo de e-commerce que se quer ter, do seu nível de alcance e da qualidade da experiência de compra que se quer proporcionar.

Contudo, um dos grandes desafios de quem quer investir em um comércio eletrônico é a segurança - tanto dos dados e do dinheiro que estão disponíveis online, quanto de problemas com compradores, como a contestação de pagamentos, por exemplo.

Por mais que hoje existam ferramentas que melhorem esse quesito, essa questão ainda traz insegurança. É por isso que é tão importante procurar por plataformas que contem com uma política de proteção a quem vende. Assim, é possível vender mais e com maior segurança.

 

O que é uma política de proteção ao vendedor?

Uma política de proteção às transações, também conhecida como política de proteção ao vendedor, diz respeito a um regimento interno que regula a relação entre o vendedor e a plataforma.

Ainda que existam diversas políticas como essas voltadas para o consumidor, poucas plataformas oferecem opções realmente proveitosas também para o seller. Uma política de proteção ao vendedor de qualidade, ajuda a:

1.   Proteger contra contestações de pagamento (chargebacks)

 

Os chargebacks são problemas recorrentes para vendedores online. Esse é um termo utilizado pelas bandeiras de cartão de crédito para informar as lojas de que o comprador contestou o valor de uma compra que já foi liquidado, ou seja, que já foi recebido. Isso pode acontecer por diversos motivos - não recebimento do produto, não reconhecimento do nome da loja na fatura, insatisfação, erro de cobrança, tentativa de fraude ou, até mesmo, esquecimento - e pode trazer dores de cabeça para quem vendeu.

Quando recebe uma notificação de chargeback, o vendedor tem duas possibilidades: aceitá-la e devolver o dinheiro - o que mexe com seu caixa - ou contestá-la - o que pode afastar um bom cliente. Além disso, é impossível prever quando ou quantas vezes um caso como esse pode acontecer, dificultando ainda mais a situação da loja online.

Muitas plataformas não garantem nenhuma proteção ao vendedor quando isso acontece, deixando com que ele decida qual atitude tomar e lide sozinho com as consequências. Uma política de proteção ao vendedor mostra qual o posicionamento da plataforma com relação aos chargebacks, podendo, inclusive, disponibilizar o reembolso de parte ou da totalidade do valor envolvido para o vendedor.

Nesse documento, também ficam claras as condições para estar protegido, o que facilita a organização do seller e evita surpresas.

2.   Gerenciar devoluções de produtos

 

No e-commerce, algumas devoluções de produtos são inevitáveis e fazem parte do processo de vendas online. Em função dos clientes não poderem visualizar o produto previamente, as transações não possuem a garantia física oferecida por vendas feitas diretamente nas mãos do comprador.

Além disso, defeitos também podem fazer com que o comprador deseje retornar o produto à loja.

Essas devoluções podem ser bastante prejudiciais para o vendedor, que acaba por reembolsar o dinheiro da compra visando garantir a satisfação da clientela.

Novamente, uma política de proteção às transações pode ser grande ajuda nesse momento. Algumas plataformas, inclusive, oferecem o reembolso de parte - ou, até mesmo, da totalidade - do gasto envolvido nessa reversão, de acordo com suas regras.

3.   Proteger contra fraudes

 

As fraudes são uma das maiores vilãs dos vendedores online. Elas ameaçam a segurança, os lucros e afetam futuras vendas, podendo causar danos diversos para o seller, que pode não estar preparado para lidar com suas consequências.

Dependendo da plataforma de pagamentos escolhida para o seu negócio, a política de proteção ao vendedor pode ajudar nesses casos, criando métodos e oferecendo soluções e conselhos para que sua loja online esteja protegida e para que você saiba como reagir quando enfrentar alguma fraude.

De qualquer forma, mesmo com a política de proteção ao vendedor, é importante procurar por plataformas que também contem com um sistema antifraude robusto, com ferramentas como rede neural, checagem manual e machine learning para garantir ainda mais segurança para suas transações.

4.   Ter proteção sem pagar a mais por isso

 

Uma política de proteção às transações quer dizer que a plataforma se preocupa em aumentar a segurança das vendas sem cobrar nada a mais por isso. É como se fossem os direitos de quem vende, unidos a um conjunto de boas práticas que podem facilitar os processos de compra e venda.

 

Mais clareza e segurança para vender on-line

Além de todos os benefícios que uma política de proteção ao vendedor pode trazer, ela oferece muito mais liberdade para quem vende online, já que deixa claras as ações que cabem à loja para garantir segurança - como as documentações necessárias em uma compra para estar sempre coberto.

É através dessas políticas que também ficam claras as boas práticas que criam uma experiência de compra muito melhor, garantindo ao vendedor e a seus consumidores proteção e bem-estar.

Conte com uma boa política de proteção ao vendedor!

Além de boas taxas e melhores condições de venda, a segurança é um fator importante a ser levado em consideração na hora de escolher as plataformas com as quais você vai trabalhar.

Nesse momento, garanta acesso àquelas que ofereçam proteção a você e ao seu e-commerce!

 

venda-segura-abra-sua-conta


Escrito por:

assinatura_equipe

Artigos relacionados