Skip to content
Entre Crie sua conta

Diga sim para conquistar seus objetivos
Dicas sobre como organizar seu dinheiro, sair do vermelho, fazer seu dinheiro render e entender o mercado.

Acesse

Conheça a biblioteca

Diga sim para crescer como empreendedor
Conteúdos práticos sobre como organizar as finanças do seu negócio, começar a empreender, administrar seu negócio e vender mais

Acesse

Conheça a biblioteca

Diga sim para expandir sua empresa
Conhecimento sobre como impulsionar suas vendas, gerenciar e expandir sua empresa e insights de mercado

Acesse

Conheça a biblioteca

Diga sim para tecnologia descomplicada
Conteúdos sobre conta grátis, crédito, venda online e física, Pix e tutoriais Mercado Pago

Acesse

Conheça a biblioteca

Benefícios customizáveis: como gerenciar na prática?

Descubra como fazer essa gestão de benefícios na prática para favorecer sua empresa.
Pessoas sentadas e conversando em uma sala de estudo

Por muito tempo o setor de recursos humanos das empresas foi considerado engessado, sem inovações ou atividades que realmente fizessem sentido para a experiência dos colaboradores.

Com o tempo essa percepção mudou e hoje o setor é um dos mais importantes das empresas por assumir uma postura de desenvolvedor da capacidade humana. Em outras palavras, é um setor feito por pessoas capazes de estimular o melhor lado dos colaboradores, favorecendo desde o clima e cultura organizacional até a vantagem competitiva e alcance de resultados da empresa. 

Um exemplo disso são as iniciativas que você pode adotar no setor, como a gestão de benefícios que, sem dúvidas, é essencial para a melhora do relacionamento da empresa com o colaborador.

 

O que é o gerenciamento de benefícios customizáveis


Antes de entender esse tipo de gestão, é importante saber o que são benefícios customizáveis que, aliás, se tornaram essenciais para o bom relacionamento entre as empresas e seus colaboradores. 

Esse tipo de benefício, ao contrário dos citados na Consolidação das Leis do Trabalho (CLT), como o fundo de garantia por tempo de serviço (FGTS), férias remuneradas e vale transporte, não são obrigatórios, por isso cabe a sua empresa decidir se oferece ou não ao colaborador.

Com isso, é possível oferecê-los de acordo com as necessidades dos colaboradores, dando mais liberdade de escolha e autonomia na forma como eles os consomem no dia a dia. 

Para garantir que isso aconteça sua empresa precisa trabalhar com um gerenciamento de benefícios eficiente, controlando o tipo de benefício que será ofertado e a quantidade (saldo) que será repassada ao colaborador, entre outros detalhes que precisam ser monitorados. 

Assim, você consegue garantir que a oferta dos benefícios seja adequada tanto em relação às exigências da lei, quanto a satisfação do colaborador e as vantagens para a empresa. 

 

Como gerenciar os benefícios customizáveis de forma prática


O gerenciamento é um processo contínuo, mas ele pode ser facilitado na medida que você utilizar plataformas que permitam não apenas selecionar o tipo de benefício que será oferecido ao colaborador, como também transferir o saldo para seu consumo e fazer todo o processo de monitoramento, garantindo uma boa experiência para sua empresa e ao colaborador. 

Para garantir que isso aconteça, é importante que você se adeque aos seguintes critérios: 

 

  1. Analisar o perfil dos colaboradores e considerar suas necessidades 

Observar os colaboradores da sua empresa é essencial para identificar suas necessidades, desejos, problemas e outras questões que podem impactar na sua produtividade no trabalho. 

Com base nessa análise de perfil, você consegue identificar quais são as demandas de cada colaborador e entrar em um bom senso quanto a oferta de benefícios adequados à equipe como um todo. Por exemplo, a maioria da equipe vai trabalhar de carro? Considere a oferta de um auxílio combustível. Eles priorizam a saúde? Ofereça um plano de saúde. 

 

  1. Estudar os benefícios apropriados aos colaboradores

A oferta do benefício não deve ser feita de qualquer forma, apenas com a intenção de colher as vantagens que isso pode promover à empresa. É claro que o resultado disso é importante, mas considere que o objetivo principal é investir na qualidade de vida e bem-estar do ativo mais importante da sua empresa, o colaborador. Por isso, se atente ao processo de definição dos benefícios que serão oferecidos, considerando os apropriados para suprir suas demandas. 

 

  1. Considerar o custo-benefício

É claro que a ideia é garantir a satisfação, motivação e qualidade de vida do colaborador com os benefícios customizáveis, mas também é importante que essa oferta seja razoável e conforme as possibilidades financeiras da sua empresa. Caso contrário, essa oferta pode ser um investimento não adequado ao momento que sua empresa vive, gerando dívidas e dores de cabeça. 

 

  1. Criar uma política de benefícios

Outro fator importante da gestão de benefícios é o desenvolvimento e controle da política de benefícios. No caso, ela é essencial para que a empresa se adeque às legislações trabalhistas e não deixe de lado seus princípios ou cultura organizacional, mantendo tanto o desejo de ofertar os benefícios aos colaboradores, quanto sua responsabilidade e prioridade como empresa. 

 

  1. Contar com ferramentas de oferta e controle

Para oferecer benefícios que dão autonomia e qualidade de vida ao colaborador é importante trabalhar com ferramentas que sigam esse mesmo princípio. Atualmente existem diferentes opções disponíveis no mercado, inclusive instituições financeiras com ferramentas que facilitam o processo de definição, oferta e controle de benefícios corporativos aos colaboradores. 

 

As vantagens da gestão de benefícios customizáveis


Criar o hábito de gerenciar benefícios em sua empresa não oferece apenas um custo x benefício interessante à ela ou a possibilidade de melhorar o engajamento e produtividade do colaborador.

É claro que essas são vantagens importantes, mas a gestão também garante outros fatores, como: 

  • Otimiza os custos; 
  • Melhora o clima organizacional; 
  • Oferece mais qualidade de vida para seus colaboradores; 
  • Melhora o relacionamento da empresa com o colaborador; 
  • Reduz o turnover e aumenta a retenção de talentos; 
  • Melhora o clima organizacional;
  • Reforça a cultura da empresa em cuidar e priorizar o colaborador.

 

Use ferramentas que ajudam a gerenciar os benefícios customizáveis dos seus colaboradores!


Ter o auxílio de uma ferramenta de oferta e controle de benefícios corporativos ao seu colaborador pode ajudar a gerenciar os benefícios de forma adequada, tudo isso sem custos ou taxas extras, apenas o valor gasto com o que sua empresa pagará em benefícios. 

Além disso, você conta com soluções que agilizam o processo de gestão desde do cadastro de colaboradores ao pagamento até a manutenção dos benefícios que são oferecidos a eles. 

Invista nesse tipo de ferramenta e favoreça os resultados da sua empresa!

 

Mercado Pago Benefícios


Escrito por:

assinatura_equipe

Artigos relacionados