Skip to content
Entre Crie sua conta

Diga sim para conquistar seus objetivos
Dicas sobre como organizar seu dinheiro, sair do vermelho, fazer seu dinheiro render e entender o mercado.

Acesse

Conheça a biblioteca

Diga sim para crescer como empreendedor
Conteúdos práticos sobre como organizar as finanças do seu negócio, começar a empreender, administrar seu negócio e vender mais

Acesse

Conheça a biblioteca

Diga sim para expandir sua empresa
Conhecimento sobre como impulsionar suas vendas, gerenciar e expandir sua empresa e insights de mercado

Acesse

Conheça a biblioteca

Diga sim para tecnologia descomplicada
Conteúdos sobre conta grátis, crédito, venda online e física, Pix e tutoriais Mercado Pago

Acesse

Conheça a biblioteca

Como melhorar a segurança digital do seu e-commerce

Veja como proteger os dados do seu e-commerce e principalmente, dos seus clientes.
Mulher sorrindo e digitando os dados do cartão de crédito no smartphone

Os e-commerces facilitaram o consumo das pessoas, tornando a experiência de compra mais prática e confortável, mas mesmo se tratando de plataformas bastante confiáveis, infelizmente podem existir brechas na segurança que provocam risco para seus clientes e sua empresa. 


Aliás, conforme apontam os dados de uma pesquisa feita pela ClearSale, as tentativas de fraude nesse universo subiram 23,6% em 2022, ilustrando a importância de proteger sua loja on-line. 

Felizmente existem inúmeras medidas que podem tornar seu e-commerce um ambiente mais seguro e favorável para vender seus produtos, evitando fraudes que afetam não apenas sua reputação no mercado, mas que coloquem os dados dos seus clientes em risco. 

Descubra, abaixo, algumas formas práticas de aumentar a segurança digital do seu e-commerce

 

O que é a segurança digital


Esse é um dos assuntos mais importantes para quem faz parte do varejo eletrônico. Esse conceito diz respeito às proteções e medidas tomadas para que as informações referentes ao seu negócio e os dados dos seus clientes estejam completamente seguros. 

Para isso, a empresa precisa cumprir algumas normas, como as diretrizes da Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD), e se responsabilizar pelas informações coletadas em seu e-commerce

Esse processo requer muita atenção e, em muitos casos, investimentos, tendo em vista a necessidade de usar certificados e demais iniciativas que aumentam o nível de proteção do site. 

 

Fatores que impactam a segurança digital do seu e-commerce


Infelizmente, todos os sistemas estão sujeitos a tentativas de invasão ou fraude, mas o importante é contar com mecanismos de defesa que diminuam os riscos de qualquer falha de segurança. 

Esse processo depende de diversos fatores, a começar pelo uso de certificados que garantem a segurança da comunicação feita entre o servidor web e o navegador, como também o uso de ferramentas antifraude, diminuindo a chance das informações registradas no servidor vazem. 

A partir desses fatores é possível reduzir diversos erros que afetam a segurança digital do seu e-commerce e a experiência de compra do consumidor, como não avaliar a segurança da aplicação frequentemente, não criptografar informações críticas, não usar autenticação forte, entre outros. 

 

Como melhorar a segurança digital do seu e-commerce


Cada vez mais, as empresas precisam estar atentas à segurança e isso pode ser garantido com a ajuda de sistemas de proteção e demais ferramentas que potencializam sua autenticação. 

Veja como você pode melhorar a segurança digital da sua loja online com ações práticas: 

 

  1. Escolha uma plataforma segura

O primeiro passo é investir num ambiente seguro para hospedar as informações do seu site e que garantam a estabilidade da página, permitindo um bom armazenamento de dados, além de oferecer recursos e integrações que vão reforçar a proteção da sua empresa. 

 

  1. Ative o certificado SSL 

O certificado SSL possibilita a criptografia de informações pessoais e bancárias, garantindo que elas não estejam vulneráveis. É possível identificar pela URL (que muda de HTTP para HTTPS) nos sites. Esse certificado ajuda a tornar seu e-commerce mais confiável, além de ajudar a obter um melhor ranqueamento nos mecanismos de busca. Inclusive, algumas plataformas de anúncio, como o Google Shopping, exigem esse recurso para veiculação de campanhas. 

 

  1. Faça a varredura de malware regularmente 

É preciso executar verificações com frequência para identificar a existência de malwares (softwares maliciosos) que podem colocar em risco informações sensíveis do seu site. Na prática, a maior parte das plataformas para e-commerces já oferecem o serviço. Por isso, não deixe de contar com essa funcionalidade que contribui para proteger sua credibilidade e a segurança dos clientes.

 

  1. Use senhas fortes 

Crie senhas fortes, com caracteres diversificados e que sejam únicas para cada sistema ou acesso. Além disso, sempre que possível, conte com a autenticação de dois fatores, reduzindo a chance de ataques e incentive seus clientes a fazerem o mesmo, pois por mais simples que seja, esse é fundamental para evitar dores de cabeça e manter suas informações em segurança. 

 

  1. Mantenha um backup do seu site  

Toda a estrutura de segurança serve para prevenir os ataques, mas isso não significa que o armazenamento de suas informações em outros sistemas deva ser desconsiderado, pois, isso pode ajudá-lo a recuperá-los em casos extremos. Nesse caso, é preciso fazer um backup (fazer cópias de segurança) regularmente das informações do seu e-commerce. 

 

  1. Aposte em selos de segurança

Os selos de segurança conferem mais proteção e ajudam a melhorar a credibilidade do seu e-commerce. Há diversas opções no mercado que avaliam desde as avaliações dos compradores do seu site ou até mesmo detectam possíveis vulnerabilidades. 

 

  1. Faça a criptografia de dados 

A criptografia de dados é uma técnica essencial para manter segura a comunicação de dados entre emissores, servidores e receptores. As informações dos clientes são visadas por criminosos e merecem um gerenciamento minucioso, por isso, devem ser protegidas por essa tecnologia. 

 

  1. Tenha uma política de segurança

Qualquer negócio na internet deve adotar políticas de segurança aplicadas e seguidas no tratamento com clientes, parceiros, fornecedores e em processos internos. Essas diretrizes precisam ser claras e compartilhadas em páginas, formulários ou qualquer tipo de envio de dados. 

 

👉Conheça mais soluções para empresas



Garanta mais segurança digital no seu e-commerce! 


A segurança é essencial para o crescimento e bons resultados no e-commerce, pois, com isso os consumidores se sentem mais seguros, aumentando a satisfação e as vendas. 

Fique de olho nas melhores soluções do mercado e amplie a segurança do seu e-commerce, principalmente nos processos de pagamento, melhorando a experiência dos seus clientes.

 

Mercado Pago Soluções Pagamento Online


Escrito por:

assinatura_equipe

Artigos relacionados