Skip to content
Entre Crie sua conta

Diga sim para conquistar seus objetivos
Dicas sobre como organizar seu dinheiro, sair do vermelho, fazer seu dinheiro render e entender o mercado.

Acesse

Conheça a biblioteca

Diga sim para crescer como empreendedor
Conteúdos práticos sobre como organizar as finanças do seu negócio, começar a empreender, administrar seu negócio e vender mais

Acesse

Conheça a biblioteca

Diga sim para expandir sua empresa
Conhecimento sobre como impulsionar suas vendas, gerenciar e expandir sua empresa e insights de mercado

Acesse

Conheça a biblioteca

Diga sim para tecnologia descomplicada
Conteúdos sobre conta grátis, crédito, venda online e física, Pix e tutoriais Mercado Pago

Acesse

Conheça a biblioteca

12 dicas de como escolher um meio de pagamento para sua loja online

A escolha de uma boa plataforma de pagamentos on-line faz toda a diferença para garantir uma experiência de pagamento incrível no seu e-commerce
Como escolher um meio de pagamento - como escolher o meio de pagamento para a loja online - escolhei meio de pagamento no e-commerce

Os números do e-commerce brasileiro continuam surpreendendo, principalmente depois de 2020, ano em que milhares de consumidores e lojistas migraram para o mundo digital para oferecer e encontrar produtos e serviços. As estimativas são de que o faturamento anual do comércio digital tenha atingido um aumento de mais de 83%, segundo o índice MCC-ENET, do Comitê de Métricas da Câmara Brasileira da Economia Digital.

No entanto, engana-se quem pensa que só estar no mundo digital é sinônimo de participar desses números e vender mais. Com toda a comodidade que a internet oferece ao consumidor, a experiência de compra acaba se tornando o foco da jornada on-line, exigindo que as lojas ofereçam um bom processo de compra e, principalmente, um bom checkout.

Além de esperar toda a facilidade na hora de escolher seus produtos, o comprador também espera encontrar as melhores condições na hora de realizar o pagamento. Afinal, é nessa parte do processo que ele entende se o que está sendo oferecido se encaixa às suas necessidades e desejos.

 

Como escolher um bom meio de pagamento


Por tudo isso, parte das estratégias de uma loja digital deve envolver a escolha de um bom meio de pagamento que, além de oferecer condições especiais para o lojista, também conte com soluções que atraiam o consumidor através de uma boa experiência.

Para te ajudar nessa escolha, separamos os pontos mais importantes a serem considerados na hora de escolher esse parceiro:

1. Soluções de checkout


O primeiro fator a se analisar na hora de escolher um parceiro de pagamento online são as opções de checkout que ele oferece, afinal são diversas as possibilidades na hora de criar um processo de pagamento que funcione bem para a sua loja. Verifique se existem opções de integração rápida e simples; a possibilidade de criar um checkout intuitivo; se há links de pagamento e facilidades para fazer cobranças em canais diferenciados, como as redes sociais, por exemplo. Tudo isso pode fazer muita diferença na experiência de compra do seu e-commerce.

2. Tarifas


Outro ponto importante são as tarifas. Quanto custa vender com esse meio de pagamento? Há diversas opções que não cobram adesão e nem uma mensalidade, apenas as tarifas das transações aprovadas. Elas podem ser mais vantajosas, te ajudando a vender mais pagando menos. No entanto, mesmo nesses casos é importante entender como funcionam essas taxas, quanto são para cada método de pagamento e como são cobradas. Elas também podem mudar dependendo de outra questão importante, os prazos de recebimento.

3. Prazos de recebimento


Muita gente não sabe que, no comércio digital, nem sempre você recebe na hora pelas vendas que realizou. Essa é sim uma possibilidade, mas não é comum para todos os meios de pagamento. E, normalmente, para oferecer parcelamentos, existe o "pagamento no fluxo", ou seja, o valor só é disponibilizado de acordo com a compensação de cada parcela. Por isso, na hora de escolher o seu parceiro de pagamentos, procure por aqueles que, além dos prazos de recebimento mais comuns - de 14 ou 30 dias - também oferecem a possibilidade de adiantar os recebíveis ou, até mesmo, de optar por receber de forma imediata pelas vendas realizadas - mesmo as parceladas..

4. Segurança


Na hora de comprar on-line, os consumidores buscam por segurança. Afinal, estão compartilhando dados sensíveis para poder completar suas compras. Mas não são só eles que precisam de proteção, o seu negócio também. Por isso, garanta que o seu meio de pagamentos ofereça soluções como um bom sistema antifraude - que combine, de preferência, inteligência artificial e processos de revisão manual - e proteção contra chargebacks e contestações de pagamento, além de estar com a certificação PCI Compliance atualizada - o que garante o cumprimento de boas práticas de segurança e um ambiente seguro para o processamento de pagamentos. Assim, todos os envolvidos em uma transação no seu e-commerce podem prosseguir sem a preocupação com fraudes e pedidos de contestação. Uma experiência muito melhor.

5. Métodos de pagamento disponíveis


Atualmente, há métodos de pagamento dos mais diversos disponíveis para vendas on-line. No entanto, nem todos os meios de pagamento oferecem todos eles. Você pode encontrar parceiros que contem com opções diferenciadas, que vão além do cartão de crédito e do boleto bancário, como: uso de dois cartões, boleto parcelado, Pix, carteiras digitais, cartão de débito virtual da Caixa, pagamento em dinheiro em Casas Lotéricas, entre muitos outros. Lembre-se de que quanto mais possibilidades oferecer aos seus clientes, mais terá a chance de converter visitas em vendas. Através de métodos de pagamento diferenciados, fica mais fácil atrair desbancarizados, por exemplo, que também são um grande público do e-commerce.

6. Taxa de aprovação


Outro ponto a se considerar na hora de escolher um meio de pagamento para o seu e-commerce é a taxa de aprovação de pagamentos. Em resumo, ela se trata do número de pagamentos aprovados, frente a todas as tentativas realizadas. Esse dado é importante porque quanto mais aprovações, mais vendas. Além disso, mostra também que o sistema antifraude do meio de pagamento é robusto e não bloqueia pagamentos legítimos.

7. Modelos de negócio aceitos


Se você trabalha com dropshipping ou tem um marketplace, esse é um ponto importante na hora de escolher um meio de pagamento, já que nem todas as plataformas aceitam esses modelos de negócios ou têm soluções para eles. No caso do dropshipping, é preciso pensar em um parceiro que trabalhe com essa modalidade, oferecendo suas soluções. Para marketplaces, é preciso encontrar um parceiro que ofereça o split de pagamento.

8. Usabilidade e experiência de checkout


Se você tem todas as soluções de pagamento que precisa, agora é hora de entender como é a usabilidade dessas ferramentas. Será que elas proporcionam uma boa experiência de checkout? Nesse sentido, vale considerar a quantidade de dados solicitados ao comprador na hora de fazer o pagamento, se as informações são claras, se as páginas carregam corretamente, se o processo é simples e intuitivo, se é possível fazer compras com um clique. Tudo isso faz muita diferença na sua loja.

9. Ferramentas de gestão


O meio de pagamento não pode trazer benefícios apenas para o seu consumidor, precisa contar com funcionalidades que também sejam boas para o seu negócio. Muitas plataformas oferecem diversas ferramentas de gestão que fazem toda a diferença, como relatórios completos das vendas, relatórios de conciliação de pagamentos e outras informações importantes. Isso te ajuda a ter uma visão mais ampla do seu e-commerce e a tomar as melhores decisões para crescer.

10. Esforço de integração


Para que um meio de pagamento comece a funcionar no seu e-commerce, é preciso fazer uma integração, ou seja, "conectar" a solução de checkout ao seu site. Por isso, na hora de escolher o meio de pagamento certo para você, é preciso considerar o esforço de integração, seja para sites criados através de plataformas de e-commerce ou de desenvolvimento próprio. Se o processo for complicado e sem muito suporte, pode trazer dores de cabeça desnecessárias.

11. Suporte


Caso precise de ajuda com alguma situação específica ou, até mesmo, queira negociar as tarifas das suas transações, o meio de pagamento oferece suporte de fácil acesso? Canais como chat, e-mail e telefone fazem toda a diferença na hora de resolver um problema do seu e-commerce, o que faz deste mais um ponto importante a se considerar na hora de escolher o melhor parceiro de pagamentos.

12. Facilidades


Por fim, quando todas as outras questões estiverem resolvidas, vale considerar as facilidades que o meio de pagamento oferece. Alguns têm acesso mais fácil a crédito para seu e-commerce, aplicativos com diversas ferramentas, conta digital com a possibilidade de pagar boletos, fazer transferências, contar com cartões sem anuidade, entre outras vantagens. Tudo isso por ser um grande diferencial para o seu dia a dia, facilitando ainda mais suas vendas.

Leia mais: Os termos de pagamentos online que você deve conhecer

 

 

Escolha um bom meio de pagamento para sua loja online e tenha um grande impacto no seu negócio


Assim como todos os outros fatores que envolvem um e-commerce, a escolha do meio de pagamentos exige atenção especial, principalmente porque ela vai definir uma etapa extremamente sensível do processo de compra, que pode ser o diferencial entre uma conversão de compra ou o abandono de carrinho.

Se você está dando os primeiros passos no mundo digital, fique atento a essas dicas e garanta que fez a melhor escolha na hora de definir um parceiro de pagamentos. Isso certamente impactará positivamente as suas vendas.

 

melhores soluções em pagamentos online


Escrito por:

assinatura_equipe

Artigos relacionados