Skip to content
Entre Crie sua conta

Rendimentos no Mercado Pago

Conheça a biblioteca

Conheça a biblioteca

Diga sim para tecnologia descomplicada

Conheça a biblioteca

Cross-selling e up-selling: o que é e como aplicar no e-commerce?

Mercado Pago: consumidor segurando tablet com e-commerce aberto que oferece estratégia Cross-selling e up-selling

Quem gere um e-commerce sabe que a inovação constante é necessária para que a empresa esteja sempre no topo do mercado. Almejar novas estratégias de vendas para reter clientes é uma das soluções ideais para fazer com que sua empresa cresça de forma saudável.

Duas das estratégias que mais dão certo quando o assunto é e-commerce é o cross-selling e up-selling, que se complementam e fazem com que seu cliente fique mais satisfeito, fazendo sua empresa aumentar o ticket médio da venda. 

 

O que é cross-selling e up-selling?

O cross-selling é uma oferta de compra cruzada, quando sua empresa oferecerá um produto relacionado com aquele que o cliente está desejando, para que ele compre ambos. Imagine que você vende um carvão especial em sua loja e quando o cliente desejar comprar este carvão, você oferece junto a compra de um acendedor especial que facilita o acendimento do fogo.

Já o up-selling é a oferta de um produto com qualidade superior àquele que o cliente está querendo comprar unido de um desconto especial, ou seja, ele trocará o produto que adquiriu por um melhor. Imagine que seu cliente que deseja comprar um carvão simples possa trocar por um carvão especial. Assim, ele levará para casa um produto melhor, pagando um pouco a mais na compra.

Para que as estratégias de cross-selling e up-selling funcionem, é importante fazer com que elas sejam efetivas para o cliente, ou seja, na hora de ofertar um produto de compra cruzada, ele deve realmente ser útil e necessário para seu consumidor, sem ser invasivo ou forçar a compra. Já para o up-selling é fundamental que tanto o produto, quanto o desconto sejam bons e significativos.

 

Benefícios do cross-selling e up-selling para seu e-commerce

Criar novas estratégias para seu e-commerce é o passo principal para vender mais e estar sempre no auge. 

Além de reter mais clientes e aumentar o ticket médio das vendas, as estratégias de up-selling e cross-selling ainda possibilitam auxílio em outros processos da sua loja, contribuindo para seu sucesso.

 

  • Aumento de faturamento: com a oferta cruzada de produtos, as compras aumentam e seu faturamento também, uma vez que mais produtos são ofertados ou produtos com mais qualidade e maior preço ao consumidor.

  • Melhoria na experiência do consumidor: quando sua loja oferece um produto melhor e com desconto ou um produto complementar à compra de seu cliente, mostra preocupação e cuidado com ele, melhorando sua experiência.

  • Melhor retorno sobre investimento: você não precisa fazer grandes investimentos no seu e-commerce para as estratégias funcionarem, mas tem um excelente retorno garantido.

  • Melhor eficiência nas campanhas de marketing: analisando os dados das compras feitas pelos clientes, é possível direcionar melhor as campanhas de marketing, uma vez que é possível saber quais são os produtos com mais oportunidade.

 

7 estratégias para implementar cross-selling e up-selling em seu e-commerce

Contar com o cross-selling e up-selling no seu e-commerce não é tarefa difícil, porém, para que elas funcionem da maneira correta e possam trazer resultados mais efetivos, é importante aplicar da maneira correta na sua loja.

Para isso, temos algumas dicas:

 

1. Antes de tudo, conheça seu público

Conhecer bem as preferências do público do seu e-commerce é fundamental para criar melhores estratégias, isso auxilia na criação de ofertas personalizadas. Para fazer isso, você precisa levar em consideração o histórico de compras, a navegação dele no seu site e a interação nas redes sociais.

 

2. Ofereça produtos relevantes e complementares 

Na hora de ofertar produtos tanto para a venda cruzada, quanto para a compra de um produto superior, eles precisam ser condizentes, por exemplo: o cliente que está comprando um celular, pode oferecer junto um fone de ouvido ou um carregador portátil (cross-selling). Junto ao mesmo cliente do celular, você pode oferecer um celular melhor com um super desconto (up-selling).

 

3. Planeje a apresentação dos produtos

As ofertas precisam ser apresentadas no momento certo, na própria página do produto ou no checkout, fazendo com que a decisão seja mais fácil de ser tomada.

 

4. Use técnicas e estratégias de marketing

Utilizar de fotos, vídeos e boas descrições sobre o produto e como utilizá-lo da maneira correta é uma excelente forma de mostrar ao seu cliente o porquê de levar um produto melhor ou de fazer uma compra cruzada.

 

5. Seja amigável nas propostas aos seus clientes 

Jamais seja invasivo nas ofertas, programe seu e-commerce para não oferecer a todo momento determinado produto, podendo prejudicar a experiência do cliente. 

 

6. Crie uma experiência personalizada

Ofereça produtos que agreguem na vida do cliente e mostre a ele sua preocupação com isso, fazendo com que ele veja o cuidado que sua loja tem com ele.

 

7. Faça um acompanhamento das estratégias implementadas

Com as estratégias em pleno funcionamento, é hora de monitorar e avaliar o desempenho delas, identificando outras oportunidades e conseguindo fazer ajustes de acordo com o feedback dos clientes. Implemente métricas de avaliação de desempenho, como a taxa de conversão, ticket médio das vendas e a satisfação do cliente (NPS).

 

👉Leia também: Omnichannel: guia completo da estratégia no e-commerce

 

Implemente essas estratégias e aumente as vendas!

Proporcionar ao seu cliente novas experiências, como o cross-selling e up-selling, faz com que o seu e-commerce possa fidelizá-los e aumentar o ticket médio das vendas, além de ser excelente para o faturamento, fazendo com que seu cliente se sinta satisfeito. 

O cross-selling e o up-selling são excelentes ferramentas para aumentar vendas e expandir sua empresa, conheça mais sobre estas estratégias e as coloque em prática.

 

Chega de perder vendas por não ter um sistema de pagamento eficiente

 


Escrito por:

assinatura_equipe

Artigos relacionados